Peça agora o seu cartão também pelo telefone: 0800 729 2071

menstruação desregulada
Saúde feminina 6 de junho de 2022

Menstruação desregulada: confira o que pode ser

Você sabe quais são os sinais de uma menstruação desregulada? Quando é necessário buscar ajuda ginecológica? E mais: esse descontrole do ciclo menstrual representa algum tipo de problema? Apesar de ser um processo natural do organismo feminino, a menstruação ainda gera dúvidas e inseguranças, principalmente quando foge do funcionamento típico. Mas como saber se está […]

Você sabe quais são os sinais de uma menstruação desregulada? Quando é necessário buscar ajuda ginecológica? E mais: esse descontrole do ciclo menstrual representa algum tipo de problema?

Apesar de ser um processo natural do organismo feminino, a menstruação ainda gera dúvidas e inseguranças, principalmente quando foge do funcionamento típico.

Mas como saber se está na hora de procurar um médico, ao notar alterações no próprio ciclo? É o que contamos a você, neste post, com todos os detalhes. Acompanhe para conferir!

Quais são os sinais de menstruação desregulada?

Vamos começar do princípio. Considera-se um ciclo menstrual regulado aquele entre 21 e 35 dias — contados a partir do primeiro dia de menstruação — e que é constante, na maioria dos meses.

O período de sangramento costuma durar de 3 a 7 dias e o fluxo varia de mulher para mulher. Agora vamos aos pontos que indicam que a menstruação pode estar desregulada.

Mudança no volume de sangramento

A quantidade de sangue da menstruação se relaciona com a descamação das paredes internas do útero, que se preparou para a fecundação de um óvulo. Quando o óvulo não é fecundado, essas camadas se soltam. Ou seja, o fluxo depende muito de quão finas ou grossas estavam tais estruturas.

Porém, se houver um aumento considerável no fluxo médio de sangramento — a ponto de causar até uma possível anemia —, pode ser um sinal de que o ciclo está desregulado.

Cólicas e dor intensa

A sensação de leves contrações no período menstrual — as quais chamamos de cólicas — não é algo incomum. Pelo contrário, como o útero está fazendo um esforço para desprender as paredes de sangue, esse movimento causa um incômodo.

Não é normal sentir cólicas intensas que prejudiquem as atividades do dia a dia. Se essas dores não existiam antes, é mais um indicativo de que a menstruação pode estar desajustada.

Alterações no ciclo

Se, por exemplo, em um mês, seu ciclo é de 25 dias, depois, é de 60 e, logo em seguida, é de 10 dias, é bom considerar uma desregulação na sua menstruação.

Isso porque, como vimos, para ser classificado como regular, deve existir uma constância dos ciclos ao longo dos meses. Se isso não ocorre, ele está desregulado.

O que pode significar quando a menstruação desregula?

Veja a seguir as principais causas que podem desregular a menstruação.

Questões hormonais

A alteração no ciclo pode indicar que o uso de pílulas de hormônio, anticoncepcionais, alguns medicamentos e os próprios hormônios do corpo causaram um desajuste. Para as mulheres no pós-parto essa situação é bem possível. Alguns exames podem determinar o nível desses hormônios no organismo.

Doenças hormonais, ginecológicas e adoecimento mental

Outra questão que a menstruação desregulada aponta é para a possibilidade de doenças hormonais, como a síndrome do ovário policístico, as ginecológicas, como a endometriose, e adoecimentos mentais, como os transtornos alimentares e estresse excessivo. Esses processos interferem no funcionamento do organismo como um todo.

Gravidez

Algumas mulheres têm um ciclo irregular há algum tempo. Portanto, é possível que nos intervalos entre uma menstruação e outra, no período fértil, ocorra uma gravidez. Nesses casos, a ausência total do ciclo é que vai apontar para essa possibilidade.

Começo ou final dos ciclos menstruais

As vezes um ciclo desregulado indica apenas uma imaturidade do aparelho reprodutivo feminino, quando a primeira menstruação ocorreu a pouco tempo, ou que se aproxima à menopausa — que é quando o estoque de óvulos da mulher termina.

Como fazer o tratamento adequado?

Além desses, muitos outros fatores podem desregular o ciclo menstrual. É importante buscar por ginecologistas de referência para que, diante de cada caso, possam indicar o melhor tratamento.

Pode ser necessário o uso de medicamentos, a readequação das rotinas, cirurgias, em casos mais complexos, ou nenhum cuidado específico, se a situação não exigir.

Agora que você entende melhor o que a menstruação desregulada pode significar, saberá determinar qual é o momento de procurar ajuda adequada. A saúde da mulher é mantida por meio de mecanismos internos complexos e demanda atenção aos detalhes.

Portanto, a informação é fundamental para compreender como funcionam esses processos naturais do organismo e para garantir que eles aconteçam de forma saudável.

Outro tema comum no universo feminino é a infecção urinária. Você já ouviu falar? Saiba mais detalhes lendo nosso post especial sobre o tema!

Cartão de TODOS

Redator

Olá! Como podemos ajudar?