Peça agora o seu cartão também pelo telefone: 0800 729 2071

Renda extra 30 de setembro de 2020

Como se tornar uma mulher empreendedora e de sucesso

Quem nunca sonhou em ter o próprio negócio? Ou então pensa em apostar numa atividade extra para complementar a renda familiar, especialmente nesses tempos de crise? Grande parte das mulheres brasileiras tem esse mesmo objetivo, ou então já está colocando-o em prática. De acordo com os dados do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e […]

Quem nunca sonhou em ter o próprio negócio? Ou então pensa em apostar numa atividade extra para complementar a renda familiar, especialmente nesses tempos de crise? Grande parte das mulheres brasileiras tem esse mesmo objetivo, ou então já está colocando-o em prática.

De acordo com os dados do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), 9,3 milhões de mulheres estão à frente de uma empresa no Brasil, o que representa 34% de todos os donos de negócios do País. Outro dado apontado é que em relação aos microempreendedores individuais (MEI): as mulheres correspondem a 48% desse total, atuando principalmente em atividades de beleza, moda e alimentação.

Se você também quer fazer parte desse movimento que mostra o poder da força feminina nos negócios, saiba como se tornar uma mulher empreendedora e ter um caminho de sucesso.


• Pesquise o mercado em que deseja atuar

Não importa o tipo de negócio que deseja abrir ou ramo que pretende atuar para ganhar um dinheiro extra, o primeiro passo antes de começar é sempre pesquisar para reunir as informações mais importantes. Para isso, identifique quais serão os seus possíveis consumidores, concorrentes e também os fornecedores. Se a ideia for abrir um negócio fora da sua casa, também já pesquise os locais ideais para abrir o empreendimento.


• Organize as suas finanças

Um dos erros mais comuns de grande parte das pessoas é empreender sem organizar as suas finanças nem ter a previsão exata se terá dinheiro disponível para sustentar o projeto. Não subestime essa parte: coloque todos os gastos no papel e faça um planejamento detalhado. Caso seja necessário, também é possível buscar opções de financiamento para o seu negócio, com linhas de crédito especiais para empreendedores, com juros reduzidos.


• Tenha paixão pelo seu trabalho

É comum pensar que, ao ter o seu negócio, sendo o próprio patrão, passará a trabalhar menos e terá mais tempo livre. No entanto, geralmente, acontece o contrário, pois você será a responsável por resolver todos os problemas que surgir e, muitas vezes, sem nenhum funcionário para ajudar. Por isso, é preciso ser persistente para enfrentar os desafios e encontrar uma atividade que realmente goste de fazer.


• Saiba as opções para formalizar a empresa

Nos últimos anos, muitas mudanças facilitaram a abertura de empresa para quem deseja ter um pequeno negócio. Hoje, já é possível se registrar como Microempreendedor Individual (MEI) fazendo todo o processo pela internet no Portal do Empreendedor. Ao fazer isso, você poderá emitir nota fiscal, ter acesso às linhas de crédito e a segurança de trabalhar formalmente, sendo uma pessoa jurídica.


• Busque a inovação

Não há como negar: em todas as áreas, o mercado está cada vez mais competitivo. Por isso, ao escolher abrir um negócio, é fundamental buscar a inovação para se destacar em relação aos concorrentes. Muitas vezes, não é preciso algo tão impactante, mas uma simples atitude pode fazer as suas vendas decolarem. Ideias como fazer artesanato em casa, vender marmitas saudáveis, revender produtos ou dar aulas on-line podem ter o seu toque especial e transformar você na mulher empreendedora de sucesso que sempre sonhou.

Fontes: Sebrae, Terra e Guia da Carreira.

Cartão de TODOS

Redator

Olá! Como podemos ajudar?